27 de outubro de 2017

6 anos!

A juntar-se a um dos dias mais importantes da minha vida, o dia em que nasceu o meu primeiro grande amor, chega também o meu primeiro livro infantil.
Mesmo a tempo do dia de anos da Carlota. 
 Um livro que só podia dedicar às minhas filhas. A minha maior fonte de inspiração ♥
Foi o primeiro presente que a Coca recebeu hoje e adorou! Adoraram as duas :)

À minha filha Carlota:
Muitos parabéns querida filha! 6 anos! 
Que a minha miúda crescida continue a ser tão feliz, uma força da natureza, DOCE e de coração grande, 
com essa beleza que vem de dentro para fora. 
Que todos os teus sonhos se realizem ♥

Camisas de noite - Bloom'in Chlidren 

Um agradecimento muito especial à Violeta Cor de Rosa, pelo talento e sensibilidade, que em tempo record fez estas belíssimas ilustrações. Não só dão corpo às histórias que conto como, para mim, tornam este livro num objecto-desejo. Apetecível em qualquer biblioteca infantil. Ficou lindo!
Obrigada querida Joana ♥

A ideia deste livro surge porque, à noite, as minhas filhas pedem-me sempre a história do "Capuchinho Vermelho e o Lobo Mau" - a preferida da Minho e a história da "Branca de Neve" - a preferida da Carlota, e muitas vezes pedem para entrar nelas. Outras vezes querem que seja a mãe inventar uma história nova. 
Assim, este livro conta a história original da "Estrela do Mar" e ainda duas versões dos contos tradicionais, 
onde os vossos filhos podem entrar e ser os heróis da história.
É só trocar os nomes!
Espero que gostem! ♥

O Pré-lançamento do livro está marcado para este Sábado, no
com duas sessões: às 11h30 e às 17h30.

Aqui fica mais esta sugestão de presente de Natal! 

Coelho maileg - Pingi ao Cubo

Instagram @Feferreiravelez

12 comentários:

  1. "o dia em que nasceu o meu primeiro grande amor"?????
    o seu marido é um acessório? e onde fica a sua MÃE???
    a Fernanda vai sofrer quando perceber quando o centro de gravidade que coloca nas suas filhas mudar. Até lá... seja feliz nessa ilusão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que comentário ridiculo.

      Eliminar
    2. Nao deve ser pai/mae certamente, porque se fosse saberia o significado e o que é o verdadeiro amor. Não há amor maior que por um filho...

      Eliminar
    3. Caro Anónimo, deixa-me partilhar consigo que o seu comentário não tem qualquer sentido!

      Pense primeiro, debite as suas ideias depois... Seja feliz.

      Eliminar
    4. Não é mãe, pois não? Pq só assim se consegue perceber como é que alguém, num dia de aniversário de uma criança pode ser tão desprezível para com a mãe. Como é mal formado anónimo. Tenha vergonha!! Existem imensos amores, mas o amor de mãe pelos filhos, é o maior amor que existe, é um amor sem cobranças, não se trata de fazer a vida girar nos nossos filhos, mas eles realmente são o que temos de mais importante.

      Eliminar
    5. Anónima das 12:17 o seu comentário só revela que tem muito mau carácter e que claramente não é feliz.

      Eliminar
  2. Olá Fernanda!
    Antes de mais Parabéns para a Carlota! Um dia super feliz para todos!
    O livro depois do lançamento no mercadito estará à venda em qualquer livraria?
    Continuação de muito sucesso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Hmmm ou a Sra. Anonima não tem filhos ou então tem filhos mas não tem a relação que a Fernanda tem com as filhas, ou eu com a minha Mariana.
    Bem Fernanda é preciso ter paciência para as teorias das anónimas

    ResponderEliminar
  4. Que bonita surpresa. Muitos parabéns Fernanda!

    Enquanto existem pessoas que se ocupam da vida das outras, existem Fernanda's que fazem acontecer.

    Estarei presente na sessão da tarde. Até amanha *

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Parabéns, pelo livro e pelas conquistas que soma na vida. E parabéns para o seu primeiro amor maior. Só quem é mãe e quem é pai sabe o valor e o peso, o significado, da abnegação. E à manifesta falta de argumento e de lucidez, as pessoas na sua maioria partem para o ataque cobarde para que possam atingir o outro. Desejo-lhe, temperança para que possa enfrentar a cobardia com esse seu sorriso que lhe sobra no rosto - de uma balança antiga, para outra balança contemporânea .

    ResponderEliminar
  7. Parabéns, pelo livro e pelas conquistas que soma na vida. E parabéns para o seu primeiro amor maior. Só quem é mãe e quem é pai sabe o valor e o peso, o significado, da abnegação. E à manifesta falta de argumento e de lucidez, as pessoas na sua maioria partem para o ataque cobarde para que possam atingir o outro. Desejo-lhe, temperança para que possa enfrentar a cobardia com esse seu sorriso que lhe sobra no rosto - de uma balança antiga, para outra balança contemporânea .

    ResponderEliminar