7 de novembro de 2017

O meu escritório

Sempre fui muito caseira (excepto entre os meus 19 - 21anos, ahahah); era daquelas miúdas a quem vinham chamar para ir brincar e eu dizia que não podia porque estava entretida a fazer desenhos, a ler sobre dinossauros, a devorar livros "Uma Aventura" ou a ouvir as cassetes de francês da Planeta Agostinni. Eu divertia-me assim! :) Às vezes também lia enciclopédias ou livros como a "História da Vida Quotidiana" das seleções do Reader's Digest, que adorava. Ainda está aqui na minha estante. Vibrava quando batiam à porta com o catálogo dos livros, tanto como vibrava com o catálogo dos brinquedos. Alguns livros acompanham-me desde miúda, outros tantos estão guardados em caixas nas arrecadações. Ah! E revistas de decoração também sempre adorei. 
Hoje em dia, continuo a preferir estar em casa com a minha família, adoro programas em casa com amigos, adoro pensar e criar ambientes, as mesas... Só não tenho o tempo que gostaria para me dedicar a tudo, procurar as lojas, as peças.... 
Bom, agora que já me conhecem mais um bocadinho vamos aos pedidos!
Tem sido uma constante pedirem-me para mostrar os espaços desta casa, porque se identificam com o meu estilo (que bom! obrigada!!). Mas a decoração de uma casa é um 'work in progress' e ainda não tenho muita coisa pronta. Entretanto também tenho partilhado alguns 'moodboards' e ideias de decoração. Mas hoje vou mostrar-vos o meu espaço de trabalho cá em casa. Também ainda por acabar!
É daqui que vos escrevo e é aqui que são feitos os trabalhos de casa e muitos desenhos das minhas filhas.
Eu de um lado, elas do outro ♥♥

Adoro estar rodeada de arte, das "artes" da minha filha Carlota ♥, livros e fotografias.
Ver post anterior* na estante atrás de mim. 
Por enquanto, enquanto elas são pequeninas, decidi optar para este espaço, por um estilo clean, mas romântico, com predominância do branco e com uma mesa (de jantar) grande! Depois quando forem mais crescidas terão o seu espaço e a minha ideia é alterar a decoração para outro tipo de ambiente. Eu tenho sempre imensas ideias que gostava de concretizar! ;)
Neste espaço contei com a ajuda das tintas BARBOT - Velvet White.

Instagram @Feferreiravelez

11 comentários:

  1. Vibrava com o catalogo de bribquedos do continente??? Mas que idade tem? Na sua altura nao se compravam brinquedos no continente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, ah, ah, ah, ah! O melhor comentário de sempre!
      Bjnhos,
      Catarina

      Eliminar
    2. Tenho 35 anos, a Fernanda é pouco mais velha, e sim, na nossa altura já haviam os catálogos de Natal, devem ter começado por essa altura, se não andava por cá no início dos anos 90 mais vale não se manifestar...

      Eliminar
    3. Não li que fosse do continente, de qualquer forma eu tenho 38 e já via catálogos com brinquedos��

      Eliminar
  2. Tudo giro! De onde é a mesa? Obrigada.

    ResponderEliminar
  3. Adoro o ambiente :) parabéns. E já agora uma informação adicional ao comentário "anónimo" :) e como a Fernanda menciona a sua idade ...
    Contrariamente ao que muitas pessoas pensam, a marca Continente não foi criada pelo grupo Sonae, mas pelo grupo de distribuição francês Promodès. A marca tem as suas origens em França em 1972 ("Continent"), tendo sido adaptada para Espanha em 1976.

    O grupo Promodès estabeleceu-se em Portugal no início dos anos 1980, por forma a introduzir o conceito de Hipermercado no País. A Sonae, na altura, detinha uma cadeia de supermercados denominados Modelo. As duas empresas estabeleceram uma parceria, que daria lugar à Modelo Continente S.A. A Adopção da insígnia Continente em regime de "franchising" permitiu à Sonae adquirir o "Know How" da Promodès e abrir em 1985 o primeiro hipermercado em Portugal localizado na Senhora da Hora, Matosinhos (o actual NorteShopping foi construído junto ao hipermercado).

    ResponderEliminar
  4. Bom dia.
    Gostava de saber onde comprou as cadeiras. São lindíssimas :)
    Beijinhos,
    Ana

    ResponderEliminar